Webmail
Jateí, Domingo, 23 de Abril de 2017
(67)3465-1133
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

História


Inserido na Região da Grande Dourados que experimentou um rápido crescimento econômico pela reforma agrária (Colônia Agrícola Nacional de Dourados - criado no Governo de Getúlio Vargas) instalada na região em 1943, recebendo migrantes colonos de todo o país.


Seu povoamento originou-se em 1954 quando começaram a chegar os primeiros colonos. Entretanto, a efetiva colonização de Jateí só foi consumada quando os colonos cruzaram o Rio Dourados invadindo uma área não incorporada ao projeto, obrigando o governo a criar uma segunda zona da colônia em outra área previamente delimitada, elaborada pel Tacito Pace, onde foi implementado o novo povoado, em 1956. O município foi criado pela nº 1950, de 11.11.1963. Comemora-se dia 11 de novembro sua emancipação


Uma parcela do município, área de colônia, desenvolveu o cultivo de culturas anuais de subsistência, comercializando o excedente. A outra grande parcela, ocupada por grandes fazendas, oriunda da Companhia Mate Laranjeira, se dedicava as explorações da pecuária em áreas extensivas procurando o crescimento e a estabilidade econômica. Eram terras originalmente ocupadas pelos índios Terenas e Kaiwás e posteriormente, ao final da Guerra do Paraguai (1864-1870), soldados e escravos permaneceram na região ocupando parte das terras, iniciando assim um processo de ocupação lento das terras pelo homem branco.


A origem do nome de Jateí é uma variante do nome Jataí, que diz respeito a uma espécie de abelha silvestre cujo mel é muito apreciado. Diz a lenda que o povoado não tinha nome, era apenas mais uma vila pertencente a Dourados e esta comunidade era composta por agricultores de subsistência que viviam cortando árvores para seu sustento. Num dado dia, alguns homens do povoado foram cortar lenha em uma mata que sabidamente tinha abelhas jataí, por lá retiraram a madeira que queriam e foram embora. Ao chegar em casa o filho de um dos homens perguntou, "pai cadê o machado do Senhor?" e ele espontâneamente respondeu, "esqueci lá no Jateí". Assim, diz a lenda, deu-se o surgimento do nome de Jateí.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Jatei, pela lei estadual nº 1950, de 11-11-1963, desmembrado do município de Dourados. Sede no atual distrito de Jatei. Constituído do distrito sede. Instalado em 02-05-1965. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009


Jateí é um município brasileiro da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul. O município é conhecido no estado por sua tradicional festa junina, chamada de Festa da Fogueira, sempre na semana do dia 29 de Junho, dia do seu padroeiro São Pedro, e data da queima da maior fogueira do País (2006).




A origem do nome

Jateí é uma variante do nome Jataí, que diz respeito a uma espécie de abelha silvestre cujo mel é muito apreciado. Diz a lenda que o povoado não tinha nome, era apenas mais uma vila pertencente a Dourados e esta comunidade era composta por agricultores de subsistência que viviam cortando árvores para seu sustento. Num dado dia, alguns homens do povoado foram cortar lenha em uma mata que sabidamente tinha abelhas jataí, por lá retiraram a madeira que queriam e foram embora. Ao chegar em casa o filho de um dos homens perguntou, "pai cadê o machado do Senhor?" e ele espontâneamente respondeu, "esqueci lá no Jateí". Assim, diz a lenda, deu-se o surgimento do nome de Jateí.


Galeria de fotos

Clique para ampliar e ver mais fotos